domingo, 25 de janeiro de 2015

Timboo

Foto emprestada da Fanpage. ;)
Finalmente fomos ao Timboo e gostamos muito. A casa, especializada em cervejas artesanais, está aberta há apenas quatro meses, mas já merece elogios. Em uma bela construção do bairro Alto dos Passos, o lugar é aconchegante e descontraído ao mesmo tempo. Logo de cara nos chamou atenção o time de garçons que nos recebeu com simpatia e informação.

Escolhemos uma mesinha na área externa, mesmo com o tempo para chuva, pois a varanda é irresistível. Já acomodados, começou a deliciosa maratona de experimentar as bebidas da casa. O interessante é que não tem um cardápio fixo, cada dia conta com uma carta diferente de cervejas, cerca de cinco tipos. Achei estranho no começo, mas funcionou muito bem, pois a gente acaba se entregando à degustação de todas. Basicamente, são três artesanais que dominam: Antuérpia, Barbante e a própria Timboo.

Partimos, então, para os aperitivos. O cardápio é uma tentação, com muitas opções que levam cerveja em seu preparo, um deleite para os cervejeiros de plantão. Para começar, fomos de chips de jiló, uma paixão do maridão. Todos os estabelecimentos que a gente vai e tem esse petisco é pedido obrigatório. Com isso, acho que nos tornamos o casal mais conhecedor de chips de jiló. O da Timboo deve ter durado cerca de quinze minutos em nossa mesa e está atualmente no topo do nosso "ranking do jiló". Haha!

Antes de pedirmos o segundo belisco da noite, senti uma gota de água na mão, era a chuva avisando sua chegada. Pedimos ao garçom um lugar coberto e, para não perder a viagem, uma porção de torresminho de frango. Minutos depois já estávamos no novo lugar e com nossa porção na mesa. Essa demorou um pouco mais para ser devorada, uns trinta minutos. Não por falta de sabor, mas por ser muito bem servida.

Enfim, um lugar delicioso que indico a todos. Ah, vale dizer também que muitas pessoas haviam falado que o lugar tinha o preço muito alto. A porção mais cara no cardápio está a R$ 29 e as cervejas, de 300 ml, estão na faixa de R$ 6. Achei muito justo.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Produtos Caprilat


De vez em quando falo sobre algum produto aqui no blog. Mesmo esse não sendo o principal foco do conteúdo, tem algumas coisas que merecem ser ditas. É o caso da linha de laticínios Caprilat, que me surpreendeu muito. Sou apaixonada por queijo e sempre fiquei com o pé atrás quando o assunto era produção com leite de cabra, ficava imaginando algo estranho, sei lá. Rsrs! Mas quando provei os queijos dessa marca fiquei maravilhada, que sabor e que qualidade.

O bacana é que esse tipo de produto atende não só ao paladar, mas também ao grupo de pessoas que possuem intolerância à lactose. É muito bom saber que pessoas com esse tipo de restrição alimentar tem ao alcance um produto de qualidade para seu consumo.  Enfim, é uma dica inclusiva e muito saborosa! ;)

*Devorei meu queijo e não deu tempo de tirar foto, por isso usei uma imagem emprestada do site da marca.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Vila Dolores

Foto emprestada da Fanpage/Vila Dolores
O primeiro post de 2015 era para ser o último de 2014. Não deu tempo. Mas não posso deixar de falar da Vila Dolores, lugar escolhido pelo maridinho para celebramos o nosso fim de ano. Logo ao chegarmos já fiquei encantada com o clima, cheio de luzinhas e lanternas de papel.

Um longo cardápio, incluindo as especialidades de comida japonesa e mexicana, me deixou com um pouco de medo no começo, o que rapidinho se desfez. Optamos pela comida japonesa e tudo, tudo mesmo, que veio à mesa estava delicioso. Foi uma noite espetacular, com direito a muitos sabores, chamegos, luzes e um belo encerramento de ano.

Pronto, agora esperando as surpresas de 2015.