quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Uma relação de amor


Começa a realização de um verdadeiro sonho: profissionalizar-me na área da gastronomia. Essa semana teve início o curso de cozinheiro e lá estou eu, no meio de 25 alunos. Certamente, este será um assunto recorrente aqui no Feito com Pimenta, mas o que gostaria de dividir hoje é algo simples, contudo, encantador.
Durante todo o processo de seleção e, mais ainda, quando os trabalhos começaram, percebi como essa área realmente é para os apaixonados. Nos olhos de cada um, aquele brilho enorme. Os corações batiam acelerados. O friozinho na barriga era certo. A empolgação evidente. O prazer de falar a todos sobre sua emoção em estar ali era óbvio. Tudo isso porque somos movidos pela mesma coisa: o amor.
Foto: Marcos Michelin

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Vida longa à flor


A história toda começou com a Chef Roberta Sudbrack e o assunto foi crescendo e ganhando simpatizantes ao movimento. O blog Cuecas na Cozinha disse, a Luciana Fróes enfatizou, o portal Malagueta também deu sua pitada e, para finalizar, Josimar Melo se pronunciou.
Essa movimentação toda está acontecendo em função da flor de sal, que por não ter a quantidade estabelecida de iodo, conforme legislação vigente, está a perigo. Assim, o produto que, na maior parte, é trazido da França, está sendo barrado na importação.
“Ora, adicionar iodo à flor de sal, um produto absolutamente natural e por isso mesmo sensacional, é que os franceses não vão! E nem devem!”, defende Roberta em seu blog.
O assunto tem sido bastante falado, mas até agora (eu ainda não vi nada!) as autoridades e órgãos responsáveis não se pronunciaram. E nem sei se vão. Mas uma questão que tem sido ponderada é o fato da flor de sal ser um produto natural e utilizado em ocasiões especiais na cozinha. Ela é usada mais para finalizações de pratos, sendo que, permanece o uso do tradicional sal, cheio de iodo, atendendo assim a necessidade desse mineral no nosso corpo.
Então, salvemos a flor de sal!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Banana na balança


A partir desta quarta-feira, 16, banana só pode ser vendida por quilo em São Paulo. A lei, de 2008, determina que a fruta não pode mais ser vendida por dúzia. Essa decisão tem como objetivo efetuar uma venda mais justa para o consumidor, assim como para o produtor.
Contudo, o sindicato dos feirantes é contrário à decisão e pretende entrar com uma ação judicial contra a lei. Os feirantes reivindicam liberdade para trabalhar a forma de venda das bananas, ficando a critério de cada um vender no peso ou na dúzia.
Certamente, se a medida permanecer, a forma de pedir banana por parte dos clientes continuará a mesma. É chegar à feira ou mercado, pedir uma ou duas dúzias de bananas e o vendedor efetua a pesagem. Eis, então, o problema. A que preço vender o quilo da banana e como os vendedores irão se adequar para atender à lei, com aquisição de balanças e procedimentos de fiscalização?

Foto: Marcos Michelin

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Pedras

Peço licença à gastronomia... A cidade de Tiradentes nos brinda com maravilhas que nada tem de sabor na boca, mas sim em outros sentidos. A cidade, que é repleta de valor histórico e cultural, fica ainda mais charmosa com o cair da noite. A sua graça está em andar pelas pedras desniveladas, escuras e molhadas.

Andaria a noite toda, devagar ou depressa, parava e continuava e parava de novo.

video

Mudança bem vinda



A revista Gourmet Virtual mudou de cara. Agora, além de poder folhear a versão digital, você também pode conferir as novidades da revista no novo site. Nesse espaço, também está o nosso Twitter, ferramenta dinâmica que utilizamos para informar os leitores sobre tudo o que acontece no mundo da gastronomia.
Para comemorar o aniversário de 80 anos do Mercado Central em BH, a revista Gourmet Virtual traz em sua matéria principal a temática desse senhor caduco de tudo. Não entendeu, então leia a revista. Além disso, descubra o que o artista plástico Carlos Bracher gosta de comer no seu dia-a-dia, os encantos do Vale do Charme, a história de vida do Chef Elson da Silva e muitas coisas mais.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Viva a Paella!


Parece sina de festival de gastronomia, tem que ter Paella. Como já disse aqui, o Festival de Araxá tem em sua programação a “Paelha Caipira”, feita pelo Clube da Cozinha de Araxá com ingredientes tipicamente mineiros.
Em Tiradentes, o típico prato espanhol também deu o ar da graça, só que dessa vez contou com toda a tradição.
A comida foi preparada pelo chef Rodrigo Zarife no Butiquim Oficial, em plena praça, aos olhos de todos.
Zarife, que participa do festival há alguns anos, já preparou o prato para até mil pessoas, sem ser poupado de elogios.
Por onde passa, o carro de fácil identificação – Chef Paellero – estaciona o sabor e admiração, pois tudo é feito na hora, no meio do povo.

Chef Paellero
Paelha Caipira

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Por falar em festival


Na última quinta-feira, dia 27, foi aberto o Festival BH Sabor e Arte, que conta com a participação de dez restaurantes renomados da capital mineira. A programação, que é associada ao evento Jazz Festival Brasil, se estende até o dia 6 de setembro.
A edição do Festival BH Sabor e Arte é promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel) e apoiado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur. O objetivo dessa parceria é associar alta gastronomia dos restaurantes da cidade e atividades culturais. Segundo o presidente da Belotur, Júlio Pires, em nota, a realização desse Festival, pelo segundo ano consecutivo, reafirma a referência nacional da riqueza da gastronomia mineira e sua condição prestigiada de atrativo turístico.

Confira os restaurantes participantes:
A Favorita
Preço do menu degustação: R$ 89,00
Rua Santa Catarina, 1235 – Lourdes
(31) 3275-2352
Aurora
Preço do menu degustação: R$ 88,00
Rua Expedicionário Mário Alves de Oliveira, 421 - Pampulha
(31) 3498-7567
Chez Bastião
Preço do menu degustação: R$ 87,00
Rua Alagoas, 642 - Funcionários
(31) 3261-5694
D'istinto
Preço do menu degustação: R$ 73,00
Rua São Domingos do Prata, 405 – Santo Antônio
(31) 3223 5327
Restaurante Feliz
Preço do menu degustação: R$ 83,00
Rua Minas Novas, 20 - Cruzeiro
(31) 3282-8322
Hermengarda
Preço do menu degustação: R$ 88,00 (oitenta e oito reais)
Rua Outono, 314 - Cruzeiro
(31) 3225-3268
O Dádiva
Preço do menu degustação: R$ 84,00 (oitenta e quatro reais)
Rua Curitiba, 2202 – Bairro Loudes
(31) 3292-9810
Patuscada
Preço do menu degustação: R$ 95,00 (noventa e cinco reais)
Av Bernardo Monteiro, 1548 - Funcionários
(31) 3213-9296 / 3273-4708
Taste-Vin
Preço do menu degustação: R$ 85,00 por pessoa
Rua Curitiba, 2105 – Lourdes
(31) 3292-5423 / 2555-3505
Vecchio Sogno
Preço do menu degustação: R$ 105,00
Rua Martin de Carvalho, 75 – Bairro Santo Agostinho
(31) 3292-5251

Festival de Gastronomia de Tiradentes


Entre os dias 21 e 30 de agosto aconteceu o Festival de Gastronomia de Tiradentes. A cidade histórica serviu de palco para grandes chefs, workshops, debates e muita gastronomia. O público ficou entre a programação do evento, que é parte do Circuito Brasileiro de Cultura e Gastronomia, e as atividades locais, como os artesanatos, patrimônios históricos, natureza e, claro, os restaurantes. Pude conferir de perto o festival, por isso já justifico minha ausência no blog, mas apresento uma série especial de post sobre a minha cobertura em Tiradentes.
Foto: Marcos Michelin