Pular para o conteúdo principal

Entrevistando: Alessandra Blanco


O Feito com Pimenta surgiu do prazer em escrever somado à paixão pela cozinha. Além disso, da admiração e leitura de outros blogs, que são referência para mim. Um desses é o Comidinhas, assinado por Alessandra Blanco, que cedeu cinco minutinhos de seu concorrido tempo para responder essas perguntas. 
Como começou sua história com a gastronomia, de onde surgiu esse interesse?
Sempre gostei de ler revistas de gastronomia e pensava em escrever sobre o assunto um dia. Quando apareceram as ferramentas de blog, logo em seguida, fiz uma viagem pela Costa Amalfitana, na Itália, fiquei encantada com a comida e resolvi começar a escrever o blog.

Há quanto tempo atua com o blog?
Vai fazer 5 anos.

Como é a Alessandra escritora?
Eu sou jornalista, sempre gostei de escrever. Mas com a gastronomia me identifiquei totalmente, pude me soltar mais, escrever em primeira pessoa, contar mais histórias.

Como é seu trabalho atualmente?
Trabalho como editora executiva do iG, cuido de todo o conteúdo feminino, saúde, turismo, jovem, gastronomia, arquitetura, decoração, luxo, beleza, comportamento, amor e sexo. Escrevo reportagens de gastronomia para a Vogue, Vogue Homem e RG Vogue, dou aulas de jornalismo gastronômico na Faap e vou começar um programa de culinária na Fox Life.

Como jornalista, o que acha da relação mídia e gastronomia?
Acho que cada vez mais temos cadernos de gastronomia em jornais tradicionais, cada vez mais revistas dedicadas ao assunto, sites e blogs. Acho que vivemos um ótimo momento.

O que acha das mudanças na gastronomia, o que podemos esperar no futuro?
Acho que estamos terminando o ciclo do que foi chamado gastronomia molecular, com espumas, esferificações e muita tecnologia. E acredito que vamos cada vez mais entrar na gastronomia consciente: orgânicos, produtos locais, valorização de pequenos produtores, qualidade, etc.

O que mais admira em um prato?
O sabor.

Você se garante na cozinha?
Opa, super.

Qual feito mais se orgulha?
Meus pães.

O que gosta de comer?
De tudo, muito mais comida de mãe.

O que não come de jeito algum?
Outro dia vi na TV uma garota comendo olho de cabra. Acho que isso eu não encaro não.

Comentários

Eudes Assis disse…
Mariana sempre vejo seu blog e gosto muito de suas entrevistas.
A Ale Blanco é uma mulher linda e super competente!!
Gosto muito do blog comidinhas, tive o grande prazer de recebê-la no restaurante Seu Sebastião, e ela fez uma matéria que os clientes comentam até hoje.
Parabéns Mariana e Ale Blanco, nós leitores amamos seus blogs.

OBS:Veja os comentarios da Ale Blanco sobre meus pratos:

http://colunistas.ig.com.br/comidinhas/tag/eudes-assis/

Postagens mais visitadas deste blog

Petiscos sem carne

Na última sexta-feira foi dia de receber pessoas especiais em casa e (...) que não comiam carne. Isso pode até parecer um problema inicialmente, mas é coisa fácil de resolver. Afinal, tem tanta coisa gostosa nesse mundo. Preparei vários petiscos sem carne, mas vou dar a receita de três que considero a facilidade em pessoa.
Caponata de Beringela 1 berinjela em cubos + 1 cebola fatiada em meia lua + 4 dentes de alho fatiados + 1 pimentão vermelho em fatias meia lua + 1 pimentão amarelo em fatias meia lua + 100 gramas de uvas passas branca + 100 gramas de amendoim torrado e sem casca + 1 xícara de chá de azeite + sal e pimenta do reino = Coloque todos os ingredientes (com exceção dos temperos) em um tabuleiro e leve ao forno alto. Deixe por 30 minutos, misturando de vez em quando. Retire do forno e tempere.
Tomatinhos confitados 500 gramas de tomatinhos (sweer grape, uva, mini italiano) cortados ao meio + 2 dentes de alho picadinhos + 200 ml de azeite + manjericão fresco à gosto + 1 pita…

Receita de bolo #casadinhos

Traduzir amor em comida é uma das melhores coisas da vida. Dá uma sensação boa preparar tudo com muito carinho e depois ver a pessoa degustando a comidinha com esse tempero especial. E uma das coisas que mais faço para agradar os que amo é bolo. De aniversário, gelado ou mesmo aquele simples, bem roceiro. Tudo é motivo para bolo! Ontem ganhei uma goiabada cremosa apetitosa que na mesma hora virou motivo de bolo. Com alguns minutos o tabuleiro já estava no forno, o cheiro tomando conta da casa e o maridinho abrindo aquele sorrisão de quem iria se esbaldar de bolo/amor.
Bolo de goiabada com queijo
Ingredientes: 4 ovos 2 colheres de manteiga ½ xícara de creme de leite 2 xícaras de açúcar 2/3 xícaras de leite 4 xícaras de farinha de trigo 1 colher de chá de fermento biológico 4 colheres de sopa de queijo minas ralado 4 colheres de sopa de goiabada cremosa 1 xícara de leite condensado
Modo de preparo:
Bater em uma batedeira as gemas, manteiga, creme de leite e açúcar até formar um creme. Acr…

Docinhos mágicos

Sou daquelas que troca cinquenta bombons com ouro comestível, florzinha de pasta americana e corante por um cajuzinho. Gosto dos tradicionais, dos sabores simples e verdadeiros. Aqueles docinhos honestos, que não tem gosto de produtos industrializados, mas que traduzem carinho em forma de bolinhas.
Gosto também das mãos por trás deles. Pessoas que não deixam essas receitas se perderem, criam outras e valorizam o artesanal. Eis que surgem os Docinhos Mágicos da Lylli Paper, marca recém-lançada por uma querida amiga. Tudo é feito artesanalmente e com um cuidado extremo para alegrar sua alma. Já provei os seguintes sabores: brigadeiro de paçoca, canela, coockie de morango (que me deixou desmaiada de amor), óreo, e os docinhos de leite ninho, beijinho e, minha paixão maior da vida, cajuzinho. As opções são diversas e o preço bem camarada, viu?
A Lylli Paper também faz projetos customizados para diversos eventos como aniversário, casamento, chá de panela, batizado e outros. Eles cuidam d…