Pular para o conteúdo principal

Assa peixe em Sabará


No final de novembro do ano passado estive em Sabará, bem pertinho da capital mineira, para participar do 27º Festival da Jabuticaba. Na época estava em uma correria e acabei não falando uma linha sobre o assunto aqui no blog. E agora vasculhando alguns arquivos achei um material bacana, receitas e dicas que vale contar para vocês. Além de servir de inspiração para participar do próximo festival, a cidade merece ser visitada sempre, pois os produtores artesanais, restaurantes e cozinheiros estão preparados para receber o ano todo.

Para começar, preciso contar a minha maior surpresa por lá, o assa peixe frito. É feito pelo cozinheiro Manoel Ferreira, que trabalha no restaurante do Parque Quinta dos Cristais. Ele conta que aprendeu a cozinhar com a mãe, que o ensinou não só o ofício, mas também o prazer em degustar e identificar os sabores presentes em cada garfada.

Para quem não conhece (assim como eu não conhecia), o assa peixe é uma urtiga, muito usada como planta medicinal. Mas nas mãos de Manoel, a história é outra. Ele prepara a iguaria fritinha, bem crocante e surpreendentemente uma das coisas mais gostosas que já experimentei. Ficou curioso? Então, anote a receita e comece a perguntar a vizinha se ela tem a planta no quintal, já que não é algo que se encontra para comprar no mercado.

Assa peixe frito

Ingredientes:
Folhas de assa peixe
4 ovos
1 colher de sopa de queijo parmesão ralado
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1 pitada de pimenta do reino ou pimenta calabresa
2 dentes de alho
Sal a gosto
500 ml de óleo

Modo de preparo:
Bater os ovos e misturar o alho picadinho, o sal, a pimenta e o queijo ralado. Misturar até ficar homogêneo e adicionar a farinha de trigo peneirada até formar uma massa. Lavar e secar as folhas de assa peixe e passar na mistura para empanar. Fritar em óleo quente até dourar. Servir ainda quente!

Comentários

Késia Mara disse…
Olá, amei seu blog. Ele é inspirador e inteligente. Estou te seguindo, andarei sempre por aqui.

att,
Kesia Mara
JULIO CESAR disse…
NOSSA ESTOU MARAVILHADO PARABÉNS PELA INICIATIVA
NA MINHA CASA TEM UM PE QUE RESISTE OS CORTES QUE SEMPRE MEU IRMÃO FAZ
ELE FICA DO LADO DO GALINHEIRO , SEMPRE AS GALINHA DA UM JEITO DE PULAR
NO GALHO PRA COMER AS FOLHAS
O MAIS IMPRESSIONANTE E GUANDO CHEGA ÉPOCA DE FLORA ELE DA UMAS FLORZINHA
PEQUENINHA BRANCA E DA UM CHEIO MUITO BOM , OS INSETOS ADORA ,PRINCIPALMENTE
AS ABELHA .
HOJE DESCOBRI QUE E UMA EXCELENTE PLANTA MEDICINAL
Uso medicinal: Emprega-se contra tosse e bronquite. Alivia, também, os sintomas da gripe como coriza, febre e dor no corpo.
VOU ESTAR SEMPRE AQUI

Postagens mais visitadas deste blog

Petiscos sem carne

Na última sexta-feira foi dia de receber pessoas especiais em casa e (...) que não comiam carne. Isso pode até parecer um problema inicialmente, mas é coisa fácil de resolver. Afinal, tem tanta coisa gostosa nesse mundo. Preparei vários petiscos sem carne, mas vou dar a receita de três que considero a facilidade em pessoa.
Caponata de Beringela 1 berinjela em cubos + 1 cebola fatiada em meia lua + 4 dentes de alho fatiados + 1 pimentão vermelho em fatias meia lua + 1 pimentão amarelo em fatias meia lua + 100 gramas de uvas passas branca + 100 gramas de amendoim torrado e sem casca + 1 xícara de chá de azeite + sal e pimenta do reino = Coloque todos os ingredientes (com exceção dos temperos) em um tabuleiro e leve ao forno alto. Deixe por 30 minutos, misturando de vez em quando. Retire do forno e tempere.
Tomatinhos confitados 500 gramas de tomatinhos (sweer grape, uva, mini italiano) cortados ao meio + 2 dentes de alho picadinhos + 200 ml de azeite + manjericão fresco à gosto + 1 pita…

Docinhos mágicos

Sou daquelas que troca cinquenta bombons com ouro comestível, florzinha de pasta americana e corante por um cajuzinho. Gosto dos tradicionais, dos sabores simples e verdadeiros. Aqueles docinhos honestos, que não tem gosto de produtos industrializados, mas que traduzem carinho em forma de bolinhas.
Gosto também das mãos por trás deles. Pessoas que não deixam essas receitas se perderem, criam outras e valorizam o artesanal. Eis que surgem os Docinhos Mágicos da Lylli Paper, marca recém-lançada por uma querida amiga. Tudo é feito artesanalmente e com um cuidado extremo para alegrar sua alma. Já provei os seguintes sabores: brigadeiro de paçoca, canela, coockie de morango (que me deixou desmaiada de amor), óreo, e os docinhos de leite ninho, beijinho e, minha paixão maior da vida, cajuzinho. As opções são diversas e o preço bem camarada, viu?
A Lylli Paper também faz projetos customizados para diversos eventos como aniversário, casamento, chá de panela, batizado e outros. Eles cuidam d…

Receita de bolo #casadinhos

Traduzir amor em comida é uma das melhores coisas da vida. Dá uma sensação boa preparar tudo com muito carinho e depois ver a pessoa degustando a comidinha com esse tempero especial. E uma das coisas que mais faço para agradar os que amo é bolo. De aniversário, gelado ou mesmo aquele simples, bem roceiro. Tudo é motivo para bolo! Ontem ganhei uma goiabada cremosa apetitosa que na mesma hora virou motivo de bolo. Com alguns minutos o tabuleiro já estava no forno, o cheiro tomando conta da casa e o maridinho abrindo aquele sorrisão de quem iria se esbaldar de bolo/amor.
Bolo de goiabada com queijo
Ingredientes: 4 ovos 2 colheres de manteiga ½ xícara de creme de leite 2 xícaras de açúcar 2/3 xícaras de leite 4 xícaras de farinha de trigo 1 colher de chá de fermento biológico 4 colheres de sopa de queijo minas ralado 4 colheres de sopa de goiabada cremosa 1 xícara de leite condensado
Modo de preparo:
Bater em uma batedeira as gemas, manteiga, creme de leite e açúcar até formar um creme. Acr…