sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Arte no biscoito


Em minha segunda cidade natal, Juiz de Fora, descobri biscoitos que são verdadeira obra de arte. A receita original é uma das muitas tradições germânicas que foram assimiladas pelos juizforanos ao receber a imigração alemã em 1858.

Vaneida Silva, uma brasileira que aprendeu a receita com a prima alemã, adaptou o açúcar mascavo para rapadura e criou uma apresentação única.

Os biscoitos são vendidos em Juiz de Fora na feira realizada no bairro São Mateus aos sábados. Mas, para quem quiser se aventurar e brincar na cozinha, é só seguir a receita.

Biscoito de rapadura
Ingredientes
230 gr de rapadura
35 ml de água
170 gr de margarina
1 colher de noz moscada
1 colher de cravo moído
2 colheres de canela
400 gr de farinha de trigo
Obs.: A medida das colheres é a de café.
Modo de fazer
Leve a rapadura e a água para o fogo até que derreta. Desligue o fogo e misture a margarina, a canela, o cravo e a noz-moscada. Coloque aos poucos a farinha de trigo até que forme uma massa homogênea. Deixe descansar por cerca quatro horas. Em seguida, abra a massa bem fina e corte com forminhas. Leve para assar em tabuleiro por 15 minutos aproximadamente em forno baixo e pré-aquecido.

Um comentário:

Fabiola disse...

Mari,

Esses biscoitos foram lembrancinha de um ano da minha sobrinha Alice. Junto com um cartãozinho. FIcou lindinho!