terça-feira, 14 de julho de 2015

Caçula na cozinha


Acredito de verdade que a comida tem um poder incrível de mudança. Seja para quem trabalha com esse mercado, para quem experimenta uma colherada de algo capaz de inundar a boca de sabores ou uns e outros que se rendem a essa paixão. Recentemente tenho percebido um pouco dessa mudança na vida da minha irmã Nathália. Caçula e sempre muito paparicada, a pequena menina, agora grande mulher, tem trocado algumas noitadas para se entregar aos mágicos momentos da cozinha.

A cada dia ela descobre um truque, testa uma nova receita, experimenta um vinho e, pouco a pouco, vai descobrindo o prazer desse ritual. Tudo começa com a escolha do prato. Pesquisa, pergunta e decide o que irá fazer. Depois vem a seleção dos ingredientes, que já é mais cuidadosa do que antes. Na cozinha, temperos se encontram e, logo depois, tudo se concretiza na panela. É chegado o momento que consagrar toda essa história: o de degustar. O paladar traz à tona a recompensa de todo o trabalho e, principalmente, a satisfação que, acredito eu, somente a comida é capaz de proporcionar.

Um exemplo disso tudo é essa foto aí, que recebi da caçula na última sexta-feira comemorando o sucesso do Penne ao molho Alfredo. :P 

Um comentário:

Nathália disse...

Ai que Lindo!! Adorei o post sobre mim!! Amo vc Irmã!!