Pular para o conteúdo principal

Entrevistando: Alessander Guerra


O blogosfera é um espaço que foi invadido por diversos sabores. São muitos os chefs, cozinheiros ou simplesmente apaixonados por gastronomia que fazem desse meio a extensão da cozinha. É uma forma de compartilhar informações, assim como a tradição de trocar de receitas. Pensando nisso, o Feito com Pimenta começa um intercâmbio de blogs. E o primeiro é o Cuecas na Cozinha, que já se tornou referência em conteúdo de qualidade, assim como, pela peculiaridade de trazer homens para o fogão do dia a dia. Confira a entrevista com Alessander Guerra, idealizador do projeto.

Como surgiu a ideia do blog?
Há uns 10 anos eu cozinho. Há mais de 3 resolvi começar a falar sobre tudo o que gostava de preparar e também de comer e beber. Assim surgiu o Cuecas na Cozinha, um blog que fala um pouco de tudo relacionado ao universo cozinha/culinária/gastronomia.

O Cuecas virou uma marca e sucesso de público e mídia. Como explicaria isso?
Eu nunca pensei em fazer o blog por causa disso. Simplesmente eu queria falar do assunto de uma forma menos formal, mostrar que era possível não ter experiência e, mesmo assim, ir pra cozinha e fazer uma coisa legal. Acho que as pessoas se identificaram com meu jeito de ser e de escrever. Eu não sou chef, não pretendo ser, sou apenas alguém que tem o prazer de cozinhar, comer e beber.

Como vê a relação de mídia e gastronomia?
Acho que chegou a hora da mídia voltar os olhos para grandes cozinheiros e cozinheiras espalhados pelo Brasil, dos quais depende a perpetuação de pratos regionais.

Que conselho daria para quem quer começar um blog?
Faça algo que você goste e que tenha a sua cara. Seja você. E tenha responsabilidade sobre o que diz. O Blog não pode servir como instrumento para prejudicar outros.

Como definiria a gastronomia brasileira?
Uma mesa cheia de ingredientes diferentes, que a maioria não sabe o que é e nem para que serve.

Qual importância da gastronomia para nossa cultura?
Ela é a própria cultura, uma vez que os pratos regionais tem história.

Como você analisa a evolução e o futuro da gastronomia?
Acho que a evolução é na verdade uma volta ao passado. As pessoas cansaram de tanta invencionice. A maioria só quer comer uma comida normal bem feita.

O que lhe tira o apetite?
A corrupção que assola o país.

O que lhe enche a boca d’água?
Uma vitrine de chocolates.

O que ama e odeia em um prato?
Tempero, amo quando um prato tem e odeio quando não tem.

Uma obra prima na cozinha?
Amigos em volta do fogão.

Uma obra prima de Blog?
Todos os blogs que se preocupam em ser éticos naquilo que fazem.

Você é Feito com Pimenta?
Muita pimenta, normalmente sou do tipo suave, mas me cutuque para ver como meu grau de ardência vai subindo.

Comentários

Chef Carlos Pita disse…
Olá Mariana. Parabéns pelo blog e pela entrevista. A cada dia melhor e proporcionando o desejo da leitura. Sucesso sempre para você. Abraços Chef Carlos Pita
Mariana muito obrigado pelo convite! Sucesso com o blog!

Alessander Guerra
Cuecas na Cozinha
Malu Machado disse…
Oi Mari, muito boa a proposta de intercâmbio. Já fiquei com água na boca. Sucesso!

Postagens mais visitadas deste blog

Assa peixe em Sabará

No final de novembro do ano passado estive em Sabará, bem pertinho da capital mineira, para participar do 27º Festival da Jabuticaba. Na época estava em uma correria e acabei não falando uma linha sobre o assunto aqui no blog. E agora vasculhando alguns arquivos achei um material bacana, receitas e dicas que vale contar para vocês. Além de servir de inspiração para participar do próximo festival, a cidade merece ser visitada sempre, pois os produtores artesanais, restaurantes e cozinheiros estão preparados para receber o ano todo.
Para começar, preciso contar a minha maior surpresa por lá, o assa peixe frito. É feito pelo cozinheiro Manoel Ferreira, que trabalha no restaurante do Parque Quinta dos Cristais. Ele conta que aprendeu a cozinhar com a mãe, que o ensinou não só o ofício, mas também o prazer em degustar e identificar os sabores presentes em cada garfada.
Para quem não conhece (assim como eu não conhecia), o assa peixe é uma urtiga, muito usada como planta medicinal. Mas nas m…

Fondue de torresmo

Tem algumas combinações na cozinha que são simplesmente perfeitas e que devem viver em eterna harmonia. Uma delas é angu com torresmo, paixão unânime na minha família. Às vezes, quando vamos para casa (casa dos pais será sempre a nossa casa), minha mãe já deixa o angu pronto, só esperando a nossa chegada. E, como todo clássico, é difícil encarar com riso fácil algum variação ou novidade daquilo que conhecemos desde criança. Mas, aí está a beleza da vida, se permitir a novas experimentações.

Assim conheci o Fondue de torresmo do Bar do Marquim, em Juiz de Fora. Confesso que fiquei ressabiada com a proposta, mas, quando provei, foi de enlouquecer. Angu bem molinho, com bastante queijo e torresmo crocante para mergulhar. Um afago à alma! Fácil, barato, saboroso e com gostinho de lembrança. Uma prova de que a vida pode ser simples e sensacional!
Bar do Marquim Rua Santo Antônio, 10, Centro – Esquina com Rua Paula Lima

Petiscos sem carne

Na última sexta-feira foi dia de receber pessoas especiais em casa e (...) que não comiam carne. Isso pode até parecer um problema inicialmente, mas é coisa fácil de resolver. Afinal, tem tanta coisa gostosa nesse mundo. Preparei vários petiscos sem carne, mas vou dar a receita de três que considero a facilidade em pessoa.
Caponata de Beringela 1 berinjela em cubos + 1 cebola fatiada em meia lua + 4 dentes de alho fatiados + 1 pimentão vermelho em fatias meia lua + 1 pimentão amarelo em fatias meia lua + 100 gramas de uvas passas branca + 100 gramas de amendoim torrado e sem casca + 1 xícara de chá de azeite + sal e pimenta do reino = Coloque todos os ingredientes (com exceção dos temperos) em um tabuleiro e leve ao forno alto. Deixe por 30 minutos, misturando de vez em quando. Retire do forno e tempere.
Tomatinhos confitados 500 gramas de tomatinhos (sweer grape, uva, mini italiano) cortados ao meio + 2 dentes de alho picadinhos + 200 ml de azeite + manjericão fresco à gosto + 1 pita…