sexta-feira, 26 de junho de 2009

Botecando eu vou

Estou começando esse blog agora e nada melhor para iniciar os trabalhos do que a notícia que tivemos essa semana em Belo Horizonte. O prefeito, Márcio Lacerda, aprovou no último dia 24 a Lei n° 9.714, que declara Belo Horizonte a Capital Mundial dos Botecos. A lei também institui o Dia Municipal dos Botecos, o terceiro sábado do mês de maio.
Aquela história de que Minas não tem mar, mas tem bar, agora ganha mais essa força. Uma cultura que vem de anos e que construiu uma base sólida, composta de muito torresmo e cachaça. A capital mineira se tornou atrativa pela diversificação de seus botecos. A imagem de um lugar sujo, com comida de baixa qualidade e ambiente não familiar, há tempos caiu por terra por aqui. A cultura de botecar se tornou unânime, o que originou, inclusive, no evento Comida di Buteco. Chegando a sua 10ª edição, esse ano, o evento elege a melhor comida de boteco, levando em consideração outros aspectos também, como o atendimento, a limpeza e a temperatura da cerveja. É uma verdadeira festa.
Assim, inauguro meu blog. Com um texto sobre um lugar ideal para bate-papo e debates de idéias, os botecos. E que gostaria que se aplicasse também a esse espaço virtual. Então, puxe a cadeira, peça uma gelada, uma porção de torresmo com mandioca e vamos conversar...

Um comentário:

Roberto disse...

Oi Mariana, sou mineiro mas estou em Brasília, que saudade dessa terra.. ainda mais dos botecos daí!