quinta-feira, 9 de julho de 2009

No Rio tem mar, mas também tem bar

O festival Comida Di Buteco, que há dez anos é sucesso em Belo Horizonte, também fez bonito no Rio de Janeiro. O evento se propõe a promover o resgate da chamada culinária de raiz e, por meio dos petiscos, criar uma motivação - além do chope e da cerveja - para que o público vá aos botecos.
A deliciosa competição pelo prêmio de melhor Boteco durou um mês no Rio de Janeiro e levou aos 30 estabelecimentos participantes do festival milhares de botequeiros.
O júri especializado, em conjunto com esses tantos botequeiros, elegeram a Academia da Cachaça como o melhor boteco, que concorreu com o petisco “empada de queijo coalho e alecrim”. Em segundo lugar ficou o Original do Brás, com o tira-gosto “Doce Refúgio”, e em terceiro o Enchendo Lingüiça, com “Linguça Croc”.

Texto especial para minha amiga Fabíola Mattos, mineira de coração, mais que está se rendendo aos encantos da cidade maravilhosa.

Um comentário:

Fabiola disse...

Aaaaaaaaaahaha obrigada!!! E eu claro como uma boa butequeira... quer dizer... mineira, comi um dos petiscos do festival!!! Pastel de feijão! Faz o maior sucesso em Santa Tereza!

Beijoooooooos